09/06/08

Vermelho, vermelhaço, vermelhusco, vermelhante, vermelhão



Não sei se é por vontade própria, mas quando cheguei ao Porto depois de um fim de semana onde Portugal ganhou o jogo no euro 2008, reparei que havia muita gente vestido de vermelho com equipamento da selecção nacional, mas quando chegava mais perto vi que afinal o vermelho não era tecido, mas sim pele carregada de cancro.
Ouvi em tempos que na Holanda os adeptos colocaram capas nos dentes todos de cor de laranja para mostrar o amor pela equipe deles no euro 2008, mas em Portugal vamos mais longe, deixamos a pele vermelha, não há ninguém como nós.
Enviar um comentário