11/02/08

ditadura socrates alastrou para os escUteiros


Como ultimamente existe um tipo de censura aplicada à comunicação, como a campanha de publicidade da cerveja Tagus que ferio a comunidade gay por se declarar o orgulho hetero, agora os escUteiros (sim com U) do Corpo Nacinal de EscUtas (escuteiros católicos para quem não sabe) sentiram eles o seu orgulho ferido ao ver um escoteiro a passar por "parvo". Acho a campanha mais ofensiva para as pessoas do leste que dos escoteiros, mas está bem.
Eu como ex-escOteiro (sim com O, aqueles que não faz distinção de religiões) nunca me senti ofendido pela brincadeira do "parvo", porque não passa disso, uma brincadeira.

Já percebi que agora não se pode brincar com nenhum grupo de pessoas, qual quer dia deixamos de ver os bonecos da contra-informação porque os políticos não são assim, que os alentejanos nos malucos do riso também não são assim, as loiras. só falta os geek aparecerem com um grupo a criticar os gato fedorento na campanha dos telefones.

O Corpo Nacional de Escutas devia preocupar-se mais com algo realmente com coisas para que estão preparados do que sentir oprimidos por uma caricatura de escoteiro.
Enviar um comentário