13/02/06

Allah Akbar


Queimar bandeiras do ocidente é uma imagem de turismo do oriente.
Elas começaram com bandeiras americanas, israelitas, agora dinamarquesas, francesas e holandesas pintadas sobre pedaços de pano branco, algumas com marcadores de cores.
Mas todas essas bandeiras são fáceis de pintar, são riscas ou quadrados a cheio, no máximo têm que desenhar umas estrela ou outra.
Mas agora desenhar a nossa bandeira nacional, era difícil como o caraças! Coitado do gajo que tivesse que a pintar, tinha que gastar muita tinta porque tem pouca área branca, e para desenhar o escudo de Portugal com os castelos e a esfera armilar, nunca mais acabava o trabalho, e ainda por cima eles queimam muitas bandeiras por manifestação.
(profissional que pinta as bandeiras para serem queimadas) : "diz lá à malta para odiar países com bandeiras fáceis de pintar, porque eu não vou passar o dia todo a trabalhar nesses portugas. Ou então ponham mais malta a ajudar".
E com as pressas ainda acabavam por pintar a bandeira do Mali...
Enviar um comentário