24/04/08

anti-anticoncepcional-concepcional


Eu já sabia de uma espécie de lagarto mas agora aparece um peixe nas mesmas condições. Dizem os cientistas, que não necessita de SEXO para se procriar.
Aí um gajo assusta-se, porque acha que mais tarde ou mais cedo com a evolução das novas tecnologias acabamos por ser pais de uma criança sem ter o gozo de o fazer. Que iria estragar os planos a muita boa pessoa.
Bem, mas lendo bem a reportagem, a coisa muda de figura. Mesmo que a fêmea não necessite de espermatozóides para ser mãe, necessita de uma boa e grande fecundação. Isto está muito bem elaborado, e não venham os religiosos falar do prazer sem procriar. Vocês estão errados! TOMA! Podemos gozar bem o SEXO sem ser tecnicamente pai.

70 mil anos a viver assim? O vosso deus lá sabe o que faz. Grande maluco.
Enviar um comentário