26/09/05

Toma!!! aiiii!!!


Não sei se alguma vez vos aconteceu quando crianças as “paixonetas” mal interpretadas que tínhamos principalmente na escola primária.
Era algo que não nos tinham ainda explicado ou ensinado, o que era gostar de alguém mais que apenas amizade.
É ter um poder cedo demais, um pouco como dar um revolver para as mãos de um chimpanzé, o mais provável é colocar o cano na boca.
No meu caso fiz os piores erros contra a tadita da minha colega com que eu tinha a tal “paixoneta”, puxava-lhe o cabelo, deitava-lhe a língua de fora, beliscões, atirava papelinhos sobrados por uma caneta BIC sem carga, era uma verdadeira guerra declarada a quem eu gostava bastante e só a ela e mais ninguém.
Com esta reflexão compreendo melhor agora o comportamento dos sadomasoquistas. Talvez ninguém ainda os ensinou a lidar com esse tipo de sentimentos ou sofrem da síndrome de Peter Pan.
Enviar um comentário